logo
/ Crédito: Pexels
Estilo de Vida 30/12/2020

Aqui estão os 5 melhores livros de romance de todos os tempos

Por : Nova Mulher

Se você ama livros de romance, saiba que a Estante Virtual selecionou os melhores livros de romance de todos os tempos. Por isso, se estiver procurando indicação, esta lista ajudará muito. Confira!

1.Orgulho e preconceito, de Jane Austen

Sinopse da Amazon: “Orgulho e preconceito” é o livro mais famoso de Jane Austen e possui uma série de personagens inesquecíveis e um enredo memorável. Austen nos apresenta Elizabeth Bennet como heroína irresistível e seu pretendente aristocrático, o sr. Darcy.

Nesse livro, aspectos diferentes são abordados: orgulho encontra preconceito, ascendência social confronta desprezo social, equívocos e julgamentos antecipados conduzem alguns personagens ao sofrimento e ao escândalo. O livro pode ser considerado a obra-prima da escritora, que equilibra comédia com seriedade, observação meticulosa das atitudes humanas e sua ironia refinada.

2. Os miseráveis, de Victor Hugo

Sinopse da Amazon: Com a França do século XIX como pano de fundo, «Os Miseráveis» conta uma apaixonante história de sonhos desfeitos, de um amor não correspondido, paixão, sacrifício e redenção, num testemunho intemporal da sobrevivência do espírito humano.

3. Dom Casmurro, de Machado de Assis

Sinopse da Amazon: Seu personagem principal é Bento Santiago, o narrador da história que, contada em primeira pessoa, pretende “atar as duas pontas da vida”, ou seja, unir relatos desde sua mocidade até os dias em que está escrevendo o livro. Entre esses dois momentos Bento escreve sobre suas reminiscências da juventude, sua vida no seminário, seu caso com Capitu e o ciúme que advém desse relacionamento, que se torna o enredo central da trama.

4. Anna Karenina, de Liev Tolstoi

Sinopse da Amazon: Considerado por alguns como o maior romance já escrito, “Anna Karenina” é o clássico conto de amor e adultério de Tolstói, ambientado na alta sociedade de Moscou e São Petersburgo. Uma obra-prima rica e complexa, o romance traça o curso desastroso de um caso de amor entre Anna, uma bela mulher casada, e o conde Vronsky, um rico oficial do exército.

Tolstoy tece perfeitamente a vida de dezenas de personagens e, ao fazer isso, captura uma tapeçaria de tirar o fôlego da sociedade russa do final do século XIX. Como Matthew Arnold escreveu em seu célebre ensaio sobre Tolstói: “Não devemos tomar Anna Karenina como uma obra de arte; devemos considerá-lo como um pedaço da vida. ”

5.Os catadores de conchas, de Rosamunde Pilcher

Sinopse da Amazon: A grande saga familiar de Rosamunde Pilcher, Os catadores de conchas, lançada em 1987 na Europa e, em 1990 pela Bertrand Brasil, está ganhando uma nova roupagem.

Em homenagem à 30ª edição no Brasil deste querido romance, Rosamunde Pilcher escreveu uma introdução em que conta a história da gênese desta obra.O livro é um romance de vínculos – de uma geração para a outra; dos pais que continuam vivos; e dos símbolos e legados do passado que vêm a representar o futuro.

Trata da busca da identidade no espelho fragmentado de nossa infância e do confronto com a imagem embaçada pelo aflorar das lembranças do passado.

LEIA TAMBÉM