logo
/ Unsplash
Estilo de Vida 24/11/2020

Universidade de Harvard apresenta 6 dicas para cuidar do peso e não engordar no Natal

Por : Nova Mulher

Natal e Ano-Novo estão quase aí. E, com essas datas, eventos importantes nos quais a comida prevalece. Se você não quer negligenciar seu peso e terminar o ano com alguns quilos extras, existem algumas dicas que você pode seguir, oferecidas pela Universidade de Harvard, que vão ajudar você a ficar em forma:

 

Leia também

 

Mantenha sua rotina alimentar

Nesses dias de festas, é normal dormir e acordar tarde. No entanto, é importante manter sua rotina de refeições. Ou seja, tomar café da manhã, almoçar e jantar no mesmo horário dos dias normais. Tente não pular refeições, pois isso prejudica seu metabolismo.

 

Agenda as festas

É importante que você estabeleça os dias em que irá a eventos festivos para planejar suas refeições nos dias anteriores. Que sejam leves e com poucas calorias — assim você pode ir a essas festas e comer um pouco de tudo (com moderação).

 

Exercite-se

Não deixe de permanecer ativo. Se você não se exercitar, então tente andar pelo menos uma hora por dia, todos os dias, ou três vezes por semana. Mas não seja sedentário.

 

Coma lentamente

Também é importante que, durante as festas, você coma devagar e mastigue bem. Se você não fizer isso, pode afetar seu metabolismo. Sente-se e coma na mesa, não na frente da TV, porque isso vai distraí-lo e fazer você não comer corretamente.

 

Coma pouca gordura

Evite comer guloseimas e frituras. Tente trazer lanches saudáveis e leves que não prejudiquem sua saúde e peso, como frutas e iogurtes. Além disso, cuide de tudo que você come, especialmente entre as refeições. Certifique-se de que é uma porção não tão grande e não se deixe levar pela ansiedade.

 

Não “belisque” a comida

Se você está preparando pratos, você geralmente tende a experimentar tudo. Mas evite cair nessa, pois vai fazer você engordar muito rápido. Tente mastigar chiclete sem açúcar ou comer um lanche saudável enquanto cozinha.

 

Fonte: Nueva Mujer