Brasileira lança coleção de roupa para empoderar mulheres fora do padrão

A artista brasileira apresentou uma coleção de vestidos, macacões e tops que revelam as áreas do corpo que as mulheres costumam esconder

Karoline Vitto / Instagram

A moda geralmente força as mulheres a terem um certo tipo de corpo, ou seja, magro. Caso contrário, é quase impossível usar roupas de alguns dos designers mais famosos do mundo. Mas agora, a designer Karoline Vitto traz uma proposta para as mulheres aceitarem e celebrarem seu corpo como ele é.

A artista brasileira faz parte do programa de pós-graduação do Royal College of Art, onde apresentou uma coleção de vestidos, macacões e tops que revelam as áreas do corpo que as mulheres costumam esconder: costas com rolos, abdômen volumoso e gordura corporal."Eu queria propor encontrar beleza naquilo que tendemos a ver como 'defeitos"", disse Vitto ao Bustle, citado pelo portal Upworthy.

A designer que cria roupas para valorizar o corpo fora do padrão

View this post on Instagram

Jade ♊️

A post shared by Karoline Vitto (@karolinevitto) on

A coleção nasceu sob sua própria experiência, vestindo roupas íntimas e roupas tão apertadas para esconder seu corpo que às vezes ela precisava de ajuda para vesti-las.

Cada uma de suas peças extravagantes é dedicada a destacar a beleza do corpo da mulher, quaisquer que sejam suas formas. "Mulheres com diferentes tipos de corpo, tamanhos e histórias têm me enviado mensagens para dizer que se sentiram representadas de alguma forma pelo que eu estava fazendo, e para mim isso é a coisa mais importante", confessou Vitto.

Sua grande missão é fazer mulheres que se amam, que se olham no espelho e não querem mudar de corpo. Legal, né?

View this post on Instagram

Process // If you go to Fashion school there will always be that friend who is a size 8 and who will do all of the fittings for you. Back in the day when my sample size was an 8, instead of a 16, it really bothered me not being able to try my toiles on, I wanted to know how they felt, if any seams were stopping movement or if the shape just felt good or wrong. This image is from one of my early experiments where I tried a series of old small toiles on, an cut pressure points out. It was mostly a shape study where I was thinking about adding and subtracting volume, to abstract the body out of its traditional proportions. #karolinevitto #designdevelopment #fashionprocess #fashionportfolio #fashionsketchbook #rcafashion #shapestudy #honouryourcurves

A post shared by Karoline Vitto (@karolinevitto) on

Fonte: Nueva Mujer