Famosos

Kim Kardashian se defende daqueles que a criticam depois de se colocar em risco em uma cama de bronzeamento

Socialite está sendo criticada por promover prática perigosa e se defende

Kim Kardashian

Kim Kardashian sempre teve uma estranha habilidade para desencadear o caos nas redes sociais, mas sua última controvérsia desencadeou níveis superiores de indignação e preocupação.

Tudo começou quando a empresária deu aos seus seguidores um tour pelo seu escritório da SKKN by Kim, onde possui uma cama de bronzeamento como alternativa para tratamentos de beleza.

Seguindo a tendência viral no TikTok que diz “Eu sou ___ e é claro que ___”, a estrela do reality show ‘The Kardashians’ expressou: “Eu sou Kim Kardashian, é claro, eu tenho uma cama de bronzeamento artificial e uma cama com luz vermelha no meu escritório”.

Ver a Kardashian promover uma cama de bronzeamento como tratamento de beleza acendeu o alerta entre internautas e especialistas, especialmente porque sua irmã Khloé Kardashian teve um tumor de melanoma removido do rosto em outubro de 2022. Além disso, a própria Kim também sofre de psoríase, uma condição de pele que causa erupções com manchas escamosas e coceira.

Kim Kardashian ignora os avisos e assim se defende

A empresária recebeu uma onda de críticas de internautas, mas explodiu quando um artigo da revista ‘Allure’ veio à tona, no qual se lê: “por favor, Kim Kardashian, não tente normalizar as camas de bronzeamento”, seguido pelo aviso: “as estatísticas sobre bronzeamento e câncer são assustadoras”.

Kim Kardashian

Apesar de terem sido mencionadas estatísticas apoiadas pela Skin Cancer Foundation que afirmam que “mais de 419 mil casos de câncer de pele nos EUA a cada ano estão relacionados com o bronzeamento artificial, incluindo cerca de 245 mil carcinomas de células basais, 168 mil carcinomas de células escamosas e 6.200 melanomas”, a Kardashian não hesitou em se defender, apontando que ela a utiliza precisamente para ajudar a tratar sua psoríase, a doença autoimune com a qual ela tem lutado desde os 25 anos.

“Eu tenho psoríase e realmente me ajuda quando está ruim. Mas eu não a uso com muita frequência”, disse ela.

Os riscos das camas de bronzeamento

Embora por muitos anos tenha sido vendida a ideia de que uma pele bronzeada era sinônimo de sensualidade e beleza, hoje em dia sabe-se que pode haver muitas implicações de risco.

A pele bronzeada é pele danificada. Não importa a idade que você tenha ou o seu tipo de pele. Mesmo se evitar uma queimadura solar ao obter um ‘bronzeado base’, está danificando a sua pele. Isso aumenta o risco de câncer de pele. No entanto, muitas pessoas se bronzeiam sazonalmente ou durante todo o ano, apesar desses perigos.

Piel

As pessoas que usam camas de bronzeamento têm um risco muito maior de desenvolver câncer de pele. Alguns relatórios estimam que o risco aumenta significativamente para as pessoas que usam uma cama de bronzeamento antes dos 35 anos. Seu risco de melanoma é maior se começou a se bronzear em ambientes fechados quando era adolescente ou jovem adulto.

Vários problemas de saúde, incluindo:

  • Cânceres de pele, incluindo carcinoma de células basais, carcinoma de células escamosas e melanoma.
  • Câncer de olho (melanoma ocular).
  • Cataratas e outras doenças oculares potencialmente cegantes.
  • Envelhecimento prematuro.
  • Supressão do sistema imunológico.
Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM