Entretenimento

Príncipe William fala sobre a criação que Lady Di os deu

Ele quer passar aos filhos o mesmo que mãe lhe ensinou um dia.

No final de agosto de 1997, Diana já havia se divorciado do príncipe Charles e estava namorando o filho do dono da loja de departamento Harrods.
Lady Di. Foto: Reprodução Pinterest @tinaaaa ventura

O Príncipe William tinha 15 anos quando sua mãe, Lady Di, morreu, sendo um exemplo de vocação para ajudar coletivos vulneráveis e instituições beneficentes.

ANÚNCIO

Aos 11 anos, Diana levou-o junto com seu irmão Harry para visitar um refúgio para desabrigados em Londres que a fez entender o desejo de sua mãe de ajudar o próximo. Agora, junto com Kate Middleton, ela deseja incutir isso em seus filhos: George, Charlotte e Louis.

"Acredito que o correto é expor as crianças para que elas entendam. Crescer sabendo que alguns somos muito abençoados, que outros necessitam de um pouco de ajuda e que nós precisamos fazer um pouco mais para ajudar os outros a melhorar suas vidas. Minha mãe me apresentou a causa da falta de moradia desde cedo, e estou muito feliz por ela ter feito isso", disse ele.

Recomendados

O dia em que o Príncipe William se envergonhou da sua mãe

O primogenito mostrou que está muito orgulhoso do legado que a princesa Diana deixou para ele, nem sempre foi assim, pois durante sua adolescência ele chegou a sentir vergonha de sua progenitora.

Os últimos anos de vida da Lady Di estiveram cheios de dor, angústia e assédio por parte da imprensa devido à infidelidade do agora Rei Carlos III com Camila Parker, além dos amantes que ela teve também.

Sendo criança, o monarca dividia com seus pais o centro das atenções, e deve ter sido durante uma janta familiar quando ele disse que seu pai não o envergonhava, mas sua mãe sim.

"Papai não me envergonha, mamãe sim", foram as palavras publicadas pelo The Daily Mail, no meio do lançamento do próximo livro biográfico do príncipe, intitulado "William antes dos 40, o processo de um rei moderno".

Naquela noite, a família real estava acompanhada por Bel Mooney, jornalista do Daily Mail e sua pequena filha, Kitty. Durante a conversa, os adultos confirmaram seu fanatismo pela popular série conhecida como 'The Goons', e então a jornalista começou a cantar uma parte do musical da série.

A situação ficou desconfortável para os pré-adolescentes, então Kitty, filha de Mooney, expressou a vergonha que sentia de sua mãe, situação que levou o príncipe a confessar que tinha o mesmo sentimento por sua mãe.

Apesar disso, o futuro herdeiro ao trono mantinha uma bonita relação com sua mãe e havia prometido devolver-lhe seu título quando se divorciou de seu pai, o que não pôde cumprir devido à sua lamentável morte.

Tags

Últimas Notícias