Famosos

Fitness: O exercício que Rihanna faz para aumentar e tonificar os glúteos

Este é o exercício preferido da cantora que fez um show histórico no Super Bowl

O novo look de Rihanna deixou todo mundo querendo um charm para chamar de seu
(Reprodução: Allure)

No último domingo (12) o mundo parou para ver a apresentação da Riri no Super Bowl. Rihanna é um ícone em diversos aspectos. Além de cantora, também é empresária, levando seu nome para uma marca de moda e maquiagem. A cantora dita tendências e inspira mulheres ao redor de todo o mundo. Se ela está fazendo, nós queremos saber! Por isso, queremos compartilhar com você um de seus exercícios favoritos para tonificar pernas e glúteos.

ANÚNCIO

O exercício feito por Rihanna é bem simples: você pode incorporá-lo em sua rotina.

De acordo com o portal PANORAMA e  vários meios de comunicação, Rihanna gosta de esportes como patinação, mas também costuma ir à academia para tonificar as nádegas e definir suas curvas. Entre os principais exercícios na sua rotina na academia está o glúteo em 4 apoios.

A notícia boa é que com poucos materiais você pode fazer esse exercício com tranquilidade  em casa: basta um elástico de resistência e um colchonete.

Recomendados

Como fazer

Passo #1

Coloque seu colchonete no chão e fique sobre ele em quatro pontos, ou seja, com os joelhos e as palmas das mãos no chão, e coloque a liga na parte externa das coxas a uns 5 ou 10 centímetros de distância dos joelhos.

Passo #2

Em seguida, levante o calcanhar esquerdo como se quisesse tocar o teto e desça; faça o mesmo no lado oposto e repita entre 15 e 20 vezes com cada perna.

Duas ou três séries deste exercício podem ser feitas, pelo menos 2 vezes por semana, para ver nádegas e pernas mais tonificadas.

Lembre-se: se você sofre de alguma doença ou condição especial, deve consultar um especialista antes de fazê-lo para evitar desconforto ou danos.

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias