Famosos

Justin Bieber retorna aos palcos após pausa para tratar paralisia facial

A volta do artista será ainda no mês de julho em um festival na Itália

Justin Bieber

Em junho deste ano, o cantor canadense Justin Bieber publicou um vídeo em suas redes sociais que preocupou os fãs. Nele, o artista fala sobre o diagnóstico que recebeu de Síndrome de Ramsay Hunt, também chamada de herpes-zoster do ouvido, uma condição rara que causa paralisa facial, além de dores fortes no ouvido.

Por causa disso, o cantor, que estava rodando o mundo com sua ‘Justice World Tour’, turnê de seu sexto álbum de grande sucesso lançado em março de 2020, ‘Justice’, informou o cancelamento dos shows para cuidar da doença.

No comunicado, Bieber aparece com um lado do rosto paralisado e diz: “Para aqueles que estão frustrados pelo cancelamento dos meus próximos shows, eu não estou apto para fazê-los. Isso é bastante sério, como vocês podem ver. Eu queria que não fosse o caso, mas é hora de cuidar do meu corpo e eu preciso pegar leve. Espero que vocês entendam” relatou. Confira a publicação completa:

Entretanto, para alegria dos fãs, na última terça-feira (19), foi anunciada a volta do artista aos palcos. Justin retorna no dia 31 de julho, para um festival na Itália, chamado Festival Lucca Summer.

O anúncio ainda informa que ele partirá para uma série de festivais europeus e continuará com sua turnê mundial internacional. “América do Sul, África do Sul, Oriente Médio, Ásia, Austrália e Zona Zelândia e depois volta à Europa em 2023. Detalhes sobre os shows adiados serão anunciados em breve”. Confira a publicação no Instagram ‘Justice Tour’:

Justin Bieber passa pelo Brasil em setembro deste ano para três shows. O primeiro será no festival de música ‘Rock in Rio’ no dia 4 de setembro e as outras duas apresentações em São Paulo nos dia 14 e 15 do mesmo mês.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM