Entretenimento

Pantanal: atriz da primeira versão volta para papel inédito

Gisela Reimann viverá Ingrid, mãe de sua personagem na primeira versão da novela

A atriz Gisela Reimann deve entrar na novela ‘Pantanal’ em breve em um papel inédito, Isso porque a personagem não existiu na primeira versão do folhetim, escrito por Benedito Ruy Barbosa e exibida em 1990 pela extinta TV Manchete.

Mas Gisela já tem uma relação próxima com ‘Pantanal’. Na primeira versão, a atriz, de 56 anos, viveu Érica, jornalista que agora será interpretada por Marcela Fetter e que entra nas próximas semanas na trama. Agora, em 2022, Gisela tem uma missão ainda mais especial: ela viverá a mãe de Érica, Ingrid.

Em uma entrevista ao Gshow, assim que foi confirmada pela produção, Gisela contou que tem sido mágico pensar no retorno à história que marcou seu primeiro trabalho na televisão.

“Não tenho palavras de tão feliz que estou, fico andando rindo sozinha, achando que tudo isso não está acontecendo. É mágico mesmo”, define ela. “Quando soube que iria ter o remake, fiquei mexida, assim como todo o elenco original e o público, porque o sucesso era estrondoso. É uma loucura voltar, estou muito grata”.

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Pantanal: afinal, o que tem na bebida de Maria Bruaca?

· · ·

Ela destaca ainda que, o mais incrível é retornar com um papel criado por Bruno Luperi, que assina a adaptação do remake. Gisela ainda não recebeu os textos da novela, mas está “louca de ansiedade” para bater as cenas com Marcela Fetter, que será sua filha.

“Falei pouco com a Marcela, mas tenho certeza que ela vai mandar muito bem”, elogia Gisela. “A Érica já era ecológica na primeira versão e agora ela vem com mais carga, considerando a atual situação do Pantanal, com o desmatamento e as queimadas”.

História

Outro papel pelo qual Gisela Reimann é lembrada até hoje é pela Alice, de “Sonho Meu”, confidente de Claudia (Patrícia França). A trama de Marcílio Moraes foi reprisada recentemente no canal VIVA e voltou a cair na boca do público. “É bacana rever depois de fazer tanto sucesso, a novela era fofa, até um pouco ingênua, eu amei demais”, recorda ela.

Depois, entre os trabalhos de destaque, estão “Malhação” - em três temporadas diferentes - e “Viver a Vida”. Nesta última, Gisela precisou raspar a cabeça para viver Marta, que lutava contra um câncer.

“Estou amando voltar para casa, e ainda mais em grande estilo”, conta Gisela, que teve seu último papel na Globo como Lúcia, em “Malhação” (2017). “São trabalhos maravilhosos e que sou muito grata”.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM