Famosos

Jennifer Aniston revela que sofre com insônia e sonambulismo

“Quanto mais me preocupo com isso, mais difícil é”, disse a atriz em entrevista à People

Por muito tempo, ir para a cama parecia “quase como andar na prancha” para Jennifer Aniston. A atriz superstar, de 53 anos, contou à People (em inglês), que lidou por anos - até décadas - com problemas de sono, de insônia a sonambulismo e ansiedade para dormir, fazendo-a temer a noite a ponto de “contar rachaduras nas paredes”.

“Acho que começou mais ou menos aos 30 anos ou até mais cedo, mas você simplesmente não começa a notar os efeitos da falta de sono quando é mais jovens, porque somos tão invencíveis”, diz Aniston. “Começou como algo que eu simplesmente aceitaria e, de repente, você percebe os efeitos da sua falta de sono e como isso afeta seu dia, seu trabalho, sua função mental e seu físico.”

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Culpa materna: Serena Williams fala sobre como equilibrar trabalho e maternidade tem sido difícil

· · ·

Aniston conta que tentava dormir e acabava olhando para o relógio, mas isso só fazia com que ela se concentrasse em quanto tempo estava passando e quantas horas de olhos fechados ela estava perdendo. “E quanto mais me preocupo com isso, mais difícil é adormecer”, diz ela.

A estrela de ‘Friends’ conta ainda que às vezes era sonâmbula, mas felizmente parou – até onde ela sabe.

“Eu sou conhecida por fazer isso. Fui acordada pelos alarmes da casa que eu acionei. E acho que não faço mais isso - foi quando eu estava super privada de sono”, diz ela, acrescentando que “pelo menos há aquele lado bom” para seus problemas de sono.

“O corpo está dizendo: ‘Agora não saia e desligue o alarme novamente, ok?’”, brinca a atriz.

Ainda assim, Aniston adiou a procura por ajuda médica, pensando que seus problemas de sono não eram prioridade suficiente. Mas nos últimos anos, ela percebeu que precisava de uma solução real para sua insônia.

“Tornou-se algo com o qual eu realmente estava lutando”, diz ela. “Costumava ser a última coisa na lista, mas você não pode desrespeitar os três pilares da saúde - que são dieta, exercício e sono - se você não pode realmente se exercitar e não pode realmente comer direito se você não dormiu bem porque seu relógio biológico está completamente alterado”, completa.

Aniston recebeu ajuda de um médico, algo que ela “absolutamente recomenda que as pessoas façam”. Junto com a ajuda médica, Aniston agora descobriu que ter um ritual noturno faz uma enorme diferença.

Ela se dá tempo para relaxar, faz alguns alongamentos ou ioga e deixa o telefone fora do quarto. Ela também tenta “fazer a hora de dormir igual todas as noites, o que é um desafio para nós atores, porque se estamos em um filme, a agenda está em todo lugar”.

Mas uma coisa que Aniston não está disposta a desistir, mesmo que isso signifique descansar melhor, é dormir na cama com seus três cachorros.

“É muito aconchegante quando eles se abraçam!” ela diz. “Vale a pena. Especialmente porque Chesterfield [seu cachorro de 1 ano e meio] não é mais um cachorrinho. Agora ele é apenas um doce e dorminhoco profundo. Eu realmente invejo o sono dele às vezes.”

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM