Famosos

Instagram bloqueia conta de Kanye West após ataques a Pete Davidson

West não pode postar, comentar ou enviar DMs por 24 horas após violar as políticas da rede social

Depois que o músico Kanye West passou a manhã de ontem, 16, mirando o namorado de sua ex-esposa Kim Kardashian, Pete Davidson – assim como uma série de outros comediantes negros proeminentes, incluindo o apresentador do The Daily Show Trevor Noah – com posts consecutivos no Instagram, a plataforma restringiu sua conta.

Um porta-voz da Meta (empresa que controla a rede social) contou ao site Rolling Stone (em inglês), que a conta @kanyewest de West foi restringida por 24 horas por violação repetida das regras da plataforma sobre discurso de ódio, bullying e assédio. West não poderia postar, comentar ou enviar DMs no Instagram durante o período. A empresa também removeu conteúdo que violava suas políticas da conta de West, que incluía uma postagem com insultos raciais direcionados a Noah.

Leia mais: Com Levitating, Dua Lipa é a mulher com a música que passou mais tempo na Hot 100

Representantes de Kanye West não responderam ao pedido de comentário da Rolling Stone. Na manhã de quarta-feira, o rapper – que usou as mídias sociais para criticar Davidson nas últimas semanas – compartilhou um artigo do Breitbart de 2019 fazendo referência a uma piada picante do comediante sobre fazer sexo com um bebê.

“Mais uma razão pela qual SKETE precisa ficar longe dos meus filhos”, escreveu ele. “Ah, e ninguém percebeu que ele não apareceu no SNL porque o “Sr. Eu Posso Ajudá-lo com Remédios” teve um colapso mental depois que o tiramos da internet.” (Davidson supostamente esteve fora do Saturday Night Live enquanto filmava seu próximo filme de terror, The Home.)

Nesse post, ele continuou: “SKETE você não é feito para isso, eu já acabei com você no Super Bowl… Peça desculpas à sua família por fazer parte de sua família”.

Leia mais: Fizemos um ranking com as 10 melhores músicas de Britney Spears

Em postagens subsequentes, ele afirmou que Davidson deixaria Kardashian “viciada em drogas”, porque ele está “na reabilitação a cada dois meses”. West também zombou da tatuagem de Hillary Clinton de Davidson, escrevendo “Tramp Stamp Pete the Tramp … aqui está o selo”.

Para piorar a situação, West postou uma captura de tela de um violento vídeo de “Eazy”, retratando a cabeça decapitada de Davidson com flores crescendo e com a legenda “Vocês estão prontos para o Coachella ☠️”, escreveu ele.

O discurso continuou enquanto West mirava em Noah, assim como D.L. Hughley e o colega de elenco de Davidson no SNL, Michael Che, em posts subsequentes. A ira de West em Hughley foi motivada por uma série de recentes ataques do comediante no Twitter – incluindo um em que ele brincou sobre o divórcio do rapper e Kardashian.

“#Kanye, você sabe o quão horrível você deve ser para fazer uma #Kardashian namorar um homem branco”, escreveu Hughley. West respondeu postando uma foto de Hughley vestindo uma jaqueta camuflada e um chapéu de abas largas, com a legenda: “Esse homem escolheu essa roupa sozinho. Ele é influente ou está sob influência???”

Apesar do bloqueio no Instagram, West ainda não postou em seus outros perfis de mídia social para responder ao incidente. Sua conta no Twitter está inativa desde a fracassada candidatura presidencial do rapper em 2020.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM