Famosos

Gabi Amarantos diz que seu novo álbum é uma “saudação à ancestralidade”

A cantora Gaby Amarantos lançou em setembro o álbum “Purakê”, após um hiato de quase 10 anos, e revelou o significado dele

Após 10 anos, Gaby Amarantos lançou em setembro “Purakê” que destaca, em entrevista à Revista TPM, que é um álbum que tem muito de sua ancestralidade. Desde que se lançou como cantora, Gabi revela que mudou muito.

“A Gaby de antes era uma pedra bruta precisando ser lapidada. Não que hoje eu seja um diamante, mas evoluí bastante em relação ao desenvolvimento de sonoridade”, comentou. As novas músicas, segundo a cantora, têm um significado familiar e potente com suas raízes.

“Ele é uma saudação à minha ancestralidade. Dos meus pais, dos meus avós, de todos os meus familiares ribeirinhos, meus antepassados que foram escravizados... O quilombo deles ficava no meio da Amazônia. O engenho que eles trabalhavam de cana de açúcar era no meio da floresta. Para chegar até a casa do senhor feudal, eles tinham que navegar de canoa ou de barco, nem existia rabeta, eles tinham que remar. Toda minha ancestralidade perpassa pela água”, revelou.

Para compor o novo álbum, Gabi decidiu fazer uma imersão da floresta por vários dias e, de acordo com ela, a experiência foi realmente importante.

“Pegamos um barco no início de 2020, no último Carnaval antes da pandemia, junto com o Jallo, nosso diretor musical, e o Lucas Estrela, meu parceiro de composição de várias músicas. Fomos para o meio do rio Arapiuns, em Alter do Chão, comendo peixe assado, tomando vinhozinho, tomando banho de rio e fazendo música. Era cada lua cheia, cada pôr-do-sol, cada fogueira na praia! E a gente só escrevendo as músicas. Foi realmente uma imersão para podermos contar um pouquinho dessa história do nosso ponto de vista. A gente tem que mergulhar nesse rio e ir para dentro dessa floresta pra falar dessa Amazônia”, explica a cantora.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM