logo
/ Unsplash
Bem-estar 25/03/2021

5 pontos a considerar antes de se tornar vegana

É importante saber tudo o que esse estilo de vida implica

Por : Redação

O veganismo é frequentemente confundido com vegetarianismo, que é a prática de não consumir carne. Em contraste, os veganos também evitam consumir qualquer coisa de origem animal, incluindo ovo, leite e queijo.

Embora existam várias razões para se tornar vegano — incluindo a consciência limpa e a dieta mais natural e saudável —, também existem coisas que você pode não ter considerado ao tomar essa decisão, como o uso de suplementos vitamínicos para compensar certas deficiências.

Saiba mais sobre o tema:

5 pontos a considerar antes de se tornar vegano

A perda de peso não é garantida

Um dos principais atrativos de se tornar vegana é a possibilidade de perder peso. Tanto que muitas pensam que seguir uma dieta baseada em vegetais ajudará a perder os quilinhos extras.

É verdade que comer plantas em vez de carne e outros produtos que contenham gordura ajudará a perder peso. Mas o fato é que se tornar vegana não significa necessariamente eliminar alimentos que contenham gordura.

Você deve tomar suplementos de vitamina B12

A vitamina B12 está disponível na carne dos animais. Portanto, se você limitar a ingestão de alimentos de origem animal, terá falta de vitamina B12 em seu corpo.

Portanto, os veganos devem tomar suplementos de vitamina B12 regularmente para obter esse nutriente.

Você deve encontrar novas maneiras de obter proteína

O seu corpo precisa de proteínas para se decompor e formar aminoácidos. Isso garante o crescimento e o reparo adequado das células. Felizmente, existem inúmeras opções de alimentos veganos para obter esse nutriente.

As escolhas populares incluem soja, quinoa e lentilhas. Você também pode encontrar proteína em vegetais cozidos como brócolis, espinafre e alcachofra. Feijão e batata-doce também são ótimas opções.

Você não precisa modificar sua rotina de exercícios

A imagem popular de atletas de sucesso envolve comer muita carne, que promove o desenvolvimento de energia e músculos. Talvez, por causa disso, muitas pessoas presumem que os veganos não podem alcançar o sucesso atlético. Na verdade, muitos acreditam que devem seguir um regime de exercícios leves.

Isso é falso. A capacidade atlética é determinada pelas vitaminas, não pelos alimentos que você ingere. Além disso, você deve comer a quantidade recomendada de calorias para sua rotina de exercícios.

Pode ser caro

É verdade que você pode comprar latas de milho, feijão e outras verduras pelo preço de um pedaço de carne. Mas, ao mesmo tempo, são processados ​​e muitas vezes carecem da nutrição que costumavam ter. Os vegetais frescos cortados e não processados ​​são um pouco mais caros do que os enlatados.

É uma boa ideia analisar suas opções locais e desenvolver um plano de orçamento para suas necessidades dietéticas, se você pretende se tornar vegana.


Leia também


Apoie

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de jornalistas e redatores.


Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook. Além disso, fazemos parte do Google Notícias: