Estudo afirma que comer um abacate ao dia pode reduzir o colesterol ruim

Reprodução / Pexels / Foodie Factor

O abacate é um dos alimentos mais populares do mundo devido à sua versatilidade: na torrada, na salada, no guacamole, como acompanhamento… São muitas as formas de consumir o fruto do abacateiro.

Recentemente, pesquisadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, decidiram investigar os benefícios do abacate para a saúde. Segundo o 24 Horas, até então não havia informações suficientes que apoiassem suas características aparentemente positivas.

Após uma análise dos resultados da pesquisa, os pesquisadores chegaram à conclusão reveladora de que o abacate possui uma grande quantidade de ácidos graxos monoinsaturados, além de ser uma grande fonte de antioxidantes e polifenóis.

Os antioxidantes presentes no abacate são capazes de reduzir o colesterol ‘ruim’ (LDL), contra o qual muitas pessoas lutam. Para chegar a essa revelação, 45 pessoas com sobrepeso, entre 21 e 70 anos, foram estudadas durante cinco semanas. Aqueles que foram alimentados com um abacate de tamanho médio por dia (136 gramas) conseguiram reduzir seus níveis do LDL.

Entretanto, é preciso ter cuidado:

"Pelo que sabemos, o LDL é prejudicial às nossas artérias coronárias. As alterações nesse tipo de colesterol em quem come abacate sugere um bom caminho, mas não dá para afirmar que há diminuição do risco cardiovascular só por comer abacate. Ainda é necessário um estudo mais longo e detalhado.” – Declarou o médico Edward Fisher.

VEJA MAIS: