6 exames médicos que toda mulher deve fazer para proteger sua saúde

Reprodução/Nueva Mujer

A melhor maneira de cuidar da nossa saúde é ter prevenção, e é por isso que você precisa de algum tempo para fazer consultas e exames de rotina. Aqui vamos apresentar seis exames médicos que as mulheres devem realizar.

A saúde feminina é complexa e tem um funcionamento muito específico, por isso existem alguns estudos muito diferentes do que os homens exigem.

Dependendo da idade, é importante que você se submeta a alguns estudos que garantam sua saúde e, em caso de qualquer incontrolabilidade ou alteração, ele possa ser cuidado a tempo.

 

É assim que você tem que cuidar de sua saúde

Por ter organismos com diferentes mudanças e processos químicos naturais, por causa de nossos hormônios, é importante que tenhamos check-ups anuais para ter certeza de que tudo está indo bem.

Isso envolve visitar especialistas como o ginecologista, que tem sido indispensável desde o início de uma vida sexual.

Na verdade, muitos especialistas apontam que a primeira visita ao ginecologista deve ser após a primeira menstruação.

As mulheres podem fazer seu primeiro check-up com esse especialista quando tiverem entre 13 e 15 anos para que a adolescente conheça seu corpo muito melhor.

Nestas idades, algumas meninas encontram certos aspectos fora de controle que podem ser tratados com antecedência para evitar outras condições complexas no futuro.

À medida que crescemos, os exames médicos tornam-se um pouco mais complexos e cruciais, como citologias ou ecogramas, que são essenciais para a possibilidade de descartar doenças.

Da mesma forma, outros estudos são realizados com os quais patologias muito comuns podem ser descartadas na população mundial feminina.

Nesse sentido, fazer essas visitas anuais ajudará a prevenir patologias graves, detectar infecções, bem como doenças sexualmente transmissíveis.

A visita de um médico pode evitar uma complicação maior de alguma incontrolabilidade que você ainda não detectou.

 

6 exames médicos que as mulheres precisam fazer

Avaliação pélvica

É um dos testes mais comuns, feito desde a idade adulta ou, se necessário, na adolescência. Nele, a vagina é verificada. Isso permite que você veja o colo uterino e sinta ovários, tubos de útero e falópio.

 

Citologia

É o estudo mais amplamente utilizado e eficaz para detectar lesões pré-cancerosas ou câncer em seu estágio inicial.

 

Exame de mama

As jovens devem adotar o hábito de nos tocarmos em casa e garantir que nossos seios não tenham aparência incomum.

Quando vemos o ginecologista, é importante que peçamos que verifiquemos nossos seios para descartar qualquer anormalidade. Também podemos solicitar um ecograma mamário, que dará uma visão do nosso tecido.

 

Mamografia

Especialistas recomendam que, a partir dos 40 anos, as mulheres sejam submetidas a uma mamografia que, segundo a Associação Espanhola contra o Câncer “é o exame mais eficaz para diagnosticar precocemente o câncer de mama, pois é capaz de detectar lesões muito antes de serem descobertas pelo médico”.

Este estudo pode ser feito a cada dois anos.

 

Teste genético de câncer de mama

Quando a família tem histórico de câncer, há um fator genético que pode afetar a saúde, de modo que este teste pode revelar se os genes BRCA estão possuídos, indicando 65% de chance de desenvolver câncer de mama.

 

Densitometria óssea

É realizado em mulheres a partir dos 45 anos e pode determinar a densidade mineral dos ossos. O risco de fraturas e a osteoporose podem ser determinados com este estudo.