Estes são os sinais e sintomas do câncer de mama que você nunca deve ignorar

1,38 milhões de novos casos e 458.000 mortes por câncer de mama ocorrem a cada ano

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 1,38 milhões de novos casos e 458.000 mortes por câncer de mama ocorrem a cada ano. Por esse motivo, outubro foi designado como Mês da Conscientização do Câncer de Mama, o que nos ajuda a lembrar que devemos nos preocupar com nossa saúde.

Contudo, o cuidado não deve se limitar somente a outubro. Os especialistas recomendam que, após 40 anos, todas as mulheres façam um exame de rotina. No entanto, eles apontam que, se houver histórico familiar de câncer de mama, o ideal é começar mais cedo.

Dra. Deborah Rhodes, da Clínica chilena Mayo, recomenda que "mulheres de todas as idades devem estar cientes de possíveis alterações nos seios e procurar aconselhamento médico se perceberem algo incomum".

O toque é crucial para a detecção precoce do câncer de mama

Existem alguns sinais e sintomas que não devem ser ignorados por mulheres de qualquer idade, pois podem ser o início de uma lesão que pode ser grave se não for tratada a tempo.

Estes são alguns dos sinais que você nunca deve ignorar, segundo a Clínica Mayo:

  • Um nódulo ou espessamento da mama que parece diferente do tecido circundante
  • Uma mudança no tamanho, forma ou aparência da mama
  • Alterações na pele da mama, como covinhas
  • Mamilo sangrando
  • Esfoliação, crosta ou descamação da área pigmentada da pele ao redor do mamilo (aréola) ou na pele da mama
  • Vermelhidão ou textura da pele da mama (semelhante à casca de uma laranja)

É importante entender que, mesmo sendo jovem, tocar em si mesmo em casa é importante para prevenir esta doença. Lembre-se de que a data ideal para praticar o autoexame é após a menstruação.