logo
Beleza 24/05/2021

Pareça mais jovem: cuidados que sua pele precisa ao chegar aos 50

A sua derme precisa de uma atenção adequada ao atingir essa idade; saiba mais

Por : Redação

Devemos cuidar da nossa pele desde cedo. Porém, esse cuidado muda de acordo com a idade.

Quando você chega aos 50 anos, a sua pele exige necessidades específicas e diferentes de quando você tinha 30 ou 40 anos. E elas vão além da aplicação de um creme.

Nós explicamos para você a seguir:


Leia também

Se você está gostando deste conteúdo, é provável que também se interesse pela nossa publicação mais recente:


Cuidados que sua pele precisa aos 50 anos

Exercite-se

Quando chegar aos 50, é importante que você se mantenha ativa e pratique exercícios aeróbicos por pelo menos 30 minutos por dia.

Você também pode correr, caminhar ou andar de bicicleta, pois isso tonificará a sua pele e fornecerá oxigênio ao seu corpo.

Tenha uma dieta saudável

O que você consome é muito importante para a sua pele. Por isso, é aconselhável fazer uma alimentação balanceada.

Você deve consumir alimentos que ajudem a melhorar a produção de retinol e colágeno, como ovo, limão, cebola e peixes oleosos.

Aplique antioxidantes

Os produtos rejuvenescedores também são importantes para uma pele radiante e para combater a flacidez.

É por isso que são produtos vitais com antioxidantes como a vitamina C, ou hidratantes como o ácido hialurônico, retinol ou ácido glicólico, para evitar rugas e mostrar a pele jovem.

Esfolie a pele

Também é importante esfoliar a pele pelo menos uma vez por semana para renová-la e remover células mortas e impurezas.

Você pode fazer isso com esfoliantes caseiros e naturais, como máscara de limão, café e óleo de coco ou aveia.

Durma muito bem

Dormir pelo menos 8 horas é necessário aos 50 para uma pele hidratada e jovem, pois se não o fizer ficará com olheiras, rugas e envelhecida.

Quando você dorme bem, seu corpo produz colágeno e elastina, refletindo em uma pele rejuvenescida e hidratada.


⚠️ Atenção: este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.


Leia também


Apoie

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores.


Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook. Além disso, fazemos parte do Google Notícias: