logo
Cabelo 02/06/2021

O que é um tricologista e como sei que preciso de um? Saiba mais sobre o tema e a queda de cabelo

Um especialista pode ajudar você a entender o motivo do seu problema; saiba mais sobre o tema

Por : Redação

Antes de qualquer coisa, é importante deixar claro: o tricologista é um dermatologista especializado em problemas do couro cabeludo.

Ele não trata apenas problemas como caspa. Além disso, identifica se há problemas como dermatite seborreica ou inflamação dos folículos capilares — o que pode causar a queda de cabelo.


Leia também

Se você está gostando deste conteúdo, é provável que também se interesse pela mais recente publicação da NOVA MULHER:


A queda de cabelo

Embora tenhamos mencionado vários problemas que podem afetar o couro cabeludo, a queda de cabelo é uma das consultas mais frequentes entre os pacientes.

Detectamos que devemos ir ao tricologista quando começamos a notar queda excessiva de cabelo, espaços vazios no couro cabeludo, coceira excessiva ou caspa.

O diagnóstico

Um diagnóstico correto é determinado com base em uma série de testes. Alguns deles são:

Exame clínico do cabelo

O dermatologista tricologista analisa o couro cabeludo do paciente para determinar se, a olho nu, há sinais de inflamação, excesso de sebo ou áreas onde não há mais crescimento de pelos.

Exame dermatoscópico

O dermatoscópio permite uma visão mais clara do que está acontecendo no couro cabeludo em um monitor de vídeo. Nos casos de dermatite seborreica, ajuda saber seu grau de gravidade.

Exame de uma amostra de cabelo

Ela será cuidadosamente analisada ao microscópio para analisar o estado da raiz, a qualidade do cabelo (fino ou espesso) e determinar se o que se sofre é algum tipo de alopecia.

Exame de fototricograma

É uma ferramenta que auxilia na realização de um exame mais exaustivo do couro cabeludo com o objetivo de avaliar a densidade, o crescimento e a queda dos cabelos.

A queda de cabelo é normal?

É normal que caiam até 100 fios por dia, já que o cabelo passa por um processo normal de renovação.

Porém, se a queda ocorrer excessivamente, é importante ir ao tricologista para um diagnóstico e tratamento.


⚠️ Atenção: este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar um tratamento.


Leia também


Apoie

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de jornalistas e redatores.


Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook. Além disso, fazemos parte do Google Notícias: