logo
Beleza 14/09/2021

5 mitos sobre manchas na pele que você acha que são verdadeiros

As manchas na pele são uma preocupação de muitas mulheres. Apesar disso, poucas entendem do assunto de verdade

Por : Redação

As manchas na pele são uma preocupação de muitas mulheres. Apesar disso, poucas entendem do assunto de verdade — isto é, sabem o que é verdade e o que é mentira em relação ao tema.

Por isso, NOVA MULHER listou 5 mitos sobre as manchas na pele:

As manchas na pele aumentam com a idade

É verdade que a produção de melanina se torna menos precisa com o passar do tempo, mas isso é o motivo de todas as manchas. Se você evitar a exposição ao sol e usar protetor solar ou cremes com proteção FPS 50, pode adiar esse processo.

As manchas na pele são eternas

Eles podem ficar no seu rosto para sempre ou você pode optar por tratamentos anti-manchas que podem melhorar gradualmente a aparência da sua derme.

Os tratamentos anti-manchas só devem ser usados ​​à noite e no inverno

São duas ideias incorretas.

As sardas também são manchas na pele

As sardas podem aumentar de tamanho, juntando-se umas às outras até se tornarem uma mancha. Sem os devidos cuidados, manchas escuras podem aparecer e reduzir o brilho do rosto. Nesse caso, é recomendado consultar um especialista.

Produtos que removem manchas não valem a pena

Produtos que não foram testados clinicamente podem afetar a sua pele e até mesmo a sua saúde. É por isso que o mais indicado é investir em produtos especializados, como tratamentos anti-manchas.


⚠️ Atenção: este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.


Leia também


Apoie

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores.


Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook. Além disso, fazemos parte do Google Notícias: