Cabelo

2 óleos essenciais que levantam a pele ao redor dos olhos

Estimulantes da produção de colágeno, esses óleos essenciais te surpreenderão

O cuidado com a pele é uma preocupação constante de muitas pessoas. A medida que os anos vão passando, a flacidez pode levar a pele ao redor dos olhos com aspecto cansado e envelhecido. Porém, existem soluções naturais com óleos essenciais para combater esse problema.

Você vai se surpreender com os resultados da ação desses óleos na produção de colágeno que levantam o olhar.

Quais óleos essenciais ajudam a produzir colágeno?

Com o tempo, a produção de colágeno pela pele diminui e isso leva a perda de firmeza e formação de rugas. Para reverter esse processo é necessário estimular a produção com ingredientes naturais que você possui em sua casa. Sugerimos duas opções com muitos benefícios para sua pele.

Um método efetivo para ajudar a pele a produzir colágeno é a aplicação de óleos essenciais. Dois deles são particularmente efetivos para parecer jovem: olíbano e rosa mosqueta.

Benefícios do óleo essencial de olíbano para a pele

Aceite esencial

Conhecido por suas propriedades anti-inflamatórias e regenerativas, ajuda a reduzir o aparecimento das rugas ou linhas de expressão ao mesmo tempo que melhora a elasticidade da pele. Aplique algumas gotas na área dos olhos enquanto massageia suavemente para tonificar o contorno dos olhos.

Óleo essencial de rosa mosqueta para eliminar “patas de galinha”

Rico em antioxidantes e ácidos graxos que promovem a produção de colágeno. Também ajuda a atenuar as manchas escuras ou cicatrizes, o que pode melhoras o aspecto geral da pele e o olhar em pouco tempo.

· · ·

Se você gostou deste texto, é provável que também se interesse por:

4 segredos de Kate Middleton para rejuvenescer aos 40

Inspire-se nos looks de Kate Middleton e tenha estilo de uma princesa de verdade

Conheça a rotina de beleza de Victoria Beckham para mulheres que estão chegando aos 50 terem uma pele perfeita

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM